Categorias
Gráfico

14

Concentre-se nas perguntas abaixo e veja se a empresa que voce trabalha ou gerencia saberia responde-las com objetividade.

  1. 1. Que tipo de empresa queremos ser?
  2. 2. Como nossas características internas correspondem às percepções de nossa empresa junto a diferentes audiências?
  3. 3. Como nossas características internas podem construir vantagem competitiva?
  4. 4. Quão distinta é nossa reputação perante outras empresas do setor?
  5. 5. Quão acurada e consistente são as imagens que nós projetamos para nossas diferentes audiências?
  6. 6. Como podemos fortalecer nossos relacionamentos com audiências chave?
  7. 7. O que estamos fazendo para manter relacionamentos sustentáveis?
  8. 8. Quão bem monitoramos nossas imagens com cada uma de nossas diferentes audiências?

As perguntas acima foram apresentadas em uma palestra proferida no IEC da PUC-MG, por Ana Luisa de Castro Almeida, diretora no Reputation Institute, que promoverá entre os dias 19 e 21 de maio, no hotel Sofitel, no Rio, a 14 Conferência Internacional sobre Reputação Corporativa, Marca, Identidade e Competitividade.

reputation

O evento será realizado no Rio de Janeiro e discutirá os desafios enfrentados pelos gestores diante da necessidade de as empresas apresentarem hoje condutas cada vez mais focadas em dados sobre o impacto social e ambiental além de resultados financeiros.

A inscrição está aberta e pode ser feita no site da entidade. mas atente para o detalhe que as inscrições realizadas por brasileiros devem ser pagas somente por boleto. A opção para pagamento por cartão de crédito está disponível apenas para participantes internacionais.

Durante a Conferência, o Reputation Institute vai promover o prêmio Projeto de Pesquisa em Reputação ? Academia 2010. O objetivo da premiação é incentivar os acadêmicos a produzirem artigos sobre o tema Reputação, Marca e Identidade e apresentá-los durante a Conferência.

Esse evento é prato cheio para quem quer entender e alinhar as múltiplas percepções, e fortalecer a distintividade das marcas que gerencia, para responder com muito mais facilidade as questoes apresentadas lá em cima. Não perca!

Por Armando Fontes

Carioca, morando no oeste catarinense, ex-baixista, ex-míope e ex-cabeludo, que crê que atividade de design ganhará cada vez mais respeito na sociedade, quando a classe como um todo, perceber que o que fazemos está mais próximo da Economia do que da Arte. Que nosso atividade gera lixo, riquezas, transformações sociais e culturais. Gestor de marcas e identidade corporativa pela PUC-MG, Designer de produtos pela UFRJ. Editor do twitter (@design_se) que uniu forças com o Espaço.com/design em 2010. Estudioso de cervejas e homebrewer da Cerveja Vilã

Autor da frase: "Minha mãe fez designer."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *