1

china_toy.jpg

As autoridades da China, país sacudido no ano passado por numerosos escândalos pela produção de brinquedos tóxicos ou com falhas no design, revogaram as licenças de exportação de 600 fábricas de brinquedos do país asiático, segundo informou nesta terça-feira o jornal estatal “China Daily”.

Leia a matéria completa no Globo online Economia.

Distribua