Categorias
Arte

CIANTEC' 08 – Arte, Novas Tecnologias e Comunica

16 a 18 de Setembro de 2008

”Ontem, hoje e amanhã: Pluralidade de olhares num percurso comum.”

O CIANTEC?08, na sua segunda edição, é um congresso internacional, com foco nas áreas de Arte, Novas Tecnologias e Comunicação, que se assume como um evento de relevo no que respeita à discussão de pesquisas teóricas e práticas no âmbito da sua preocupação.

O tema do CIANTEC?08 segue a proposta da edição anterior, procurando este ano ainda uma maior abrangência. Pensando na possibilidade de um futuro, que começa hoje a ser delineado, é fundamental nunca esquecer a contribuição do que já passou, do que já foi. Assim, não só as propostas para o próximo momento são importantes, como tudo o que já foi proposto, pensado e criado se reflete agora no momento contemporâneo.

A pluralidade de olhares é hoje, mais do que uma realidade, uma necessidade. Reconhecer a existência de várias possibilidades é sinônimo de abertura e de capacidade para ultrapassar todos os condicionalismos que nos impõem restrições à inovação, ao pensamento e à ação, à criatividade e à criação.

O caminho de busca e realização do conhecimento é um percurso comum, que atravessa transversalmente todas as civilizações, todas as sociedades, todas as culturas, todas as disciplinas e todos nós. Ponto de partida da transdisciplinaridade, a comunhão na partilha de idéias e de conhecimento é garantia de uma evolução constante.

Trilhando então a transversalidade de comunicações, o CIANTEC’ 08 abriga também o SIENTEC – Seminário Internacional de Educação e Novas Tecnologias – e a I Mostra Audiovisual. O CIANTEC está aberto à participação e convida a todos para este encontro de idéias e conhecimento.

Este ano a Universidade Presbiteriana Mackenzie sediará o Congresso. Mais informações acessem o site – www.ciantec.net

Por Armando Fontes

Carioca, morando no oeste catarinense, ex-baixista, ex-míope e ex-cabeludo, que crê que atividade de design ganhará cada vez mais respeito na sociedade, quando a classe como um todo, perceber que o que fazemos está mais próximo da Economia do que da Arte. Que nosso atividade gera lixo, riquezas, transformações sociais e culturais. Gestor de marcas e identidade corporativa pela PUC-MG, Designer de produtos pela UFRJ. Editor do twitter (@design_se) que uniu forças com o Espaço.com/design em 2010. Estudioso de cervejas e homebrewer da Cerveja Vilã

Autor da frase: "Minha mãe fez designer."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *