Categorias
Arte

Malditos Designers

md_035
Romolo.com.br

Por Rômolo

Designer gráfico, Rômolo Eduardo D’Hipólito iniciou nas artes gráficas através dos quadrinhos em 1999. Ingressou no curso de design na PUCPR em 2002, onde pôde experimentar diferentes áreas para aplicação de sua arte. Em 2003, teve sua arte influenciada através de um intercâmbio cultural pela Universidade de Okayama, Japão.
Como cartunista, teve trabalhos selecionados e registrados em catálogos de salões de humor do Brasil e Portugal. Teve tiras publicadas no jornal Gazeta do Povo e premiadas pela Folha de São Paulo. Em 2007, seu terceiro curta-metragem, Limbo, é premiado no 15º Animamundi com terceira melhor animação brasileira pelo júri popular de São Paulo. Ainda neste ano, colaborou para o 10° Capítulo da Graphic Novel The Life of Mann, do The Museum of Modern Fiction em Singapura.
Atualmente, Rômolo desenvolve material gráfico como ilustrações, quadrinhos e animações para o mercado editorial e publicitário.
Ele também gosta de fazer cadernos ilustrados de suas viagens.

2 respostas em “Malditos Designers”

Prezado Rômulo,

Tem aquela máxima do cara que foi ferido a bala e perguntam para ele:

“Está doendo? Não! Só quando eu dou uma risada!!!”

Se fosse só essa gente que você ilustrou acima, seria fácil, fácil!!! Mas não o é!!! A regulamentação não sai, inicialmente pela NOSSA incompetência sobre o assunto, pela nossa arrogância ( Eu me garanto no mercado de trabalho!) e finalmente,pela falta total de interesse do pessoal que está na faculdade ou se formando e “acha” que isso é responsabilidade dos mais velhos ou professores só! Não tão nem aí!!!! Não interessa!!! Cara, que aporrinhação!!! Esse negócio não é comigo, eu já tenho que me virar para entregar os projetos para aquele “Cara” (professor) e tenho que pensar nesse negócio de regulamentação???!! Eu não!!!! Eu quero me formar e ganhar o meu dinheiro, e o resto que se dane!!!!(Típica mentalidade idiota de Brasileiro)

Além dessa mentalidade acima, com raríssimas exceções é claro, temos nas Associações a falta de estrutura empresarial que elas deveriam ter, como já falei em outras respostas aqui nesse site e por isso vivemos “patinando” no lôdo de sempre “ad eternum” sem soluções a curto prazo ou efetivas, urgentes e necessárias soluções. Estamos sozinhos, com cara de bobo, olhando um para cara do outro!!!!!

Correndo por fora, me desculpem esses profissionais, temos gente de atividades limítrofes a nossa, que por já estarem estruturados ou profissionalmente reconhecidos oficialmente, “tomam” legalmente nossas oportunidades, independentemente de nós Designers sermos competentes ou não, ou que “nós nos garantimos no mercado de trabalho!!!!” Até o nosso Governo Federal apoia hoje oficialmente isso!!! Inversamente do que ocorre com governos estrangeiros, que apoiam maciçamente o Design e o Designer formado!!!

Finalmente, para afundar de vez nosso mercado de trabalho, temos que brigar com uma máquina….. o famoso “modem” dos representantes de escritórios de colegas nossos, já com accreditation em seus paises,que estão aqui no nosso pais apenas para “levar” para suas origens os projetos e oportunidades que tanto sentimos falta aqui.

No meio disso temos também as multinacionais que são os maiores sorvedouros de oportunidades, em certas épocas, e em outras, ao contrário, são nossas maiores empregadoras e criadoras de empregos de qualidade (Raridade) para o Designer no Brasil.

Portanto Romulo, até o personagem Designer deve ser desenhado com um NÃO, por pura babaquice e irresponsabilidade nossa!!! Para deleite da concorrência!!!!! Que ri aos borbotões de nossas besteiras e picuinhas e tocam para frente projetos importantes retirados fácilmente ou oficialmente de debaixo de nossas tão puídas barbas!!!

Abraços para todos!

Foster.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *