1

Esse texto não é daqueles tipos que se recebe por e-mail sobre “uma criança com um grave problema e que por favor passe esta mensagem para frente”. Não, esse não é de origem duvidosa, não é um hoax e nem é descontextualizado do propósito deste blog. Encontramos esse blog – Flávia, vivendo em coma e encontramos o vilão da história: o ralo da piscina, que, superdimensionado (de acordo com laudo de profissional qualificado) e mal projetado acabou por prender Flávia pelos cabelos dentro da piscina. Hoje, já fazem 10 anos que ela está em coma vigil, por ficar tempo demais sem ar.

Visitem o blog, divulguem, façam barulho por uma ótima causa. Como designers que somos (muitos do leitores são designers de produto) devemos lutar por um design mais bem pensado, responsável e que beneficie sempre a vida das pessoas.

Vejam o primeiro post do blog para vocês entenderem o problema melhor.

Distribua